SESI Cruzeiro abre inscrições para o Edital Local de Chamamento

Estão abertos os Editais Locais de Chamamento dos Centros de Atividades do SESI 2014 para seleção de projetos culturais para 2014. No SESI Cruzeiro, as propostas podem ser enviadas até o dia 9/mai/2014, somente pelo correio. Os selecionados farão parte da temporada 2014. O edital completo e a ficha de inscrição estão disponíveis no site do SESI Cruzeiro.

Serão selecionadas propostas nas áreas de música e artes cênicas (incluindo teatro, circo, dança e teatro de animação e formas animadas), e os trabalhos selecionados integrarão a programação cultural 2014 do SESI Cruzeiro.

A iniciativa visa estimular a produção cultural da cidade por meio da escolha de projetos não inéditos de grupos e artistas sediados a no máximo 150 km do SESI Cruzeiro. Dessa forma, o edital busca identificar propostas que estejam alinhadas com os objetivos do Sesi-SP – voltados à formação de plateias para as linguagens de artes cênicas e música.

Os interessados devem encaminhar as propostas pelo correio para o endereço da unidade com a especificação Edital Local de Chamamento 2014 – Modalidade (artes cênicas ou música) descrita no campo do destinatário. O resultado será publicado no mesmo site a partir do dia 30/mai/2014.

O envio de projetos deve ser realizado obrigatoriamente pelos Correios para o seguinte endereço:

SESI-SP – Serviço Social da Indústria

Centro de Atividades ‘Octávio Mendes Filho’ – Cruzeiro

Rua Durvalino de Castro, 501 – Vila Ana Rosa Novaes – Cruzeiro/SP

CEP: 12.705-210

TEL: (12) 3141-1588

Página na internet: www.sesisp.org.br/cruzeiro

E-mail: caccruzeiro@sesisp.org.br

Observações:

  • A documentação dos inscritos não será devolvida aos proponentes;

  • Serão desconsideradas as inscrições postadas fora do prazo. A data no carimbo de postagem dos Correios será considerada como data de envio;

  • Serão excluídos os projetos cuja documentação estiver incompleta;

  • Não serão aceitas inscrições via e-mail ou outro meio que não o descrito no edital;

  • O resultado da seleção dos projetos será publicado única e exclusivamente no site www.sesisp.org.br/cruzeiro a partir do dia 30/mai/2014.

Serviço

Edital Local Chamamento 2014 – Seleção de Projetos Culturais

Inscrições: de 7/abr a 9/mai/2014

Resultados: a partir de 30/mai pelo site www.sesisp.org.br/cruzeiro

Mais informações: (12) 3141-1588 ou pelos e-mails: caccruzeiro@sesisp.org.br.

A lista de unidades do Sesi você encontra aqui:

http://www.sesisp.org.br/Cultura/hArquivo.ashx?Url=10593.

Leia mais em www.sesisp.org.br/cultura/editais.html

 

Publicado em Agenda 06-12/abr/2014 | Com a tag , , | Deixar um comentário

Inscrições de dois dos três editais para o 27º Festival de Inverno da UFSJ encerram-se dia 14/abr

O 27º Inverno Cultural da Universidade Federal de São João del-Rei tem como tema o Futebol, e acontece entre 19/jul e 2/ago/2014. As inscrições para as oficinas, Palestras, Contação de Histórias, Performances Poéticas, Mostras de Vídeo/Cinema, Exposições de Artes Plásticas ou Visuais, Lançamentos de Livros, eventos de Artes Cênicas (dança, circo e teatro) e de Música (shows, recitais, concertos, etc.), terminam no dia 14 de abril próximo, enquanto as inscrições para o Festival de Música Pop & Rock poderão ser realizadas entre 15 e 25/mai/2014, somente pela página do evento.

A edição deste ano será realizada nas regiões de São João del-Rei, Divinópolis, Sete Lagoas e Ouro Branco, em Minas Gerais, e poderá ainda contemplar diferentes abordagens e posicionamentos: no campo das artes, música, estudos culturais, comunicação, antropologia, estudos sociais, esportes, corporeidades, economia, moda, identidades, política, movimentos sociais, novas sociabilidades e quaisquer aspectos relevantes das culturas contemporâneas relacionados à temática.

O Festival

Há 27 anos a Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ realiza, no mês de julho, o Programa de Extensão Inverno Cultural, já consolidado como uma importante iniciativa de divulgação da arte e da cultura na região do Campo das Vertentes. Em 2013, o Inverno Cultural foi ampliado para as cidades onde a UFSJ possui campi avançados: Ouro Branco, Divinópolis e Sete Lagoas. O evento atinge significativa porção do Estado e vem sendo considerado um divisor de águas na vida cultural das regiões onde foi realizado. Ao longo de 26 edições do Inverno Cultural, com o interesse e a participação da comunidade, construiu-se um festival que proporciona o acesso democrático à produção cultural local, nacional e internacional.

O Inverno Cultural cria condições para que artistas, músicos, artesãos, visitantes e membros da comunidade encontrem um espaço adequado para se capacitarem através de oficinas e atividades de formação, bem como participarem de espetáculos que ampliam suas vivências culturais.

Áreas de Concentração

Arte-Educação
As oficinas de arte-educação proporcionam momentos lúdicos e transformadores. Nelas as crianças experimentam sua expressão mais espontânea, em um fazer concreto, vivenciando uma relação diferenciada com os sentidos, com o ato de ver, sentir o gosto e as texturas, cheirar, ouvir. Os canais sensoriais abrem as portas para que as crianças se descubram como indivíduos livres, criativos e participativos.

Durante o Inverno Cultural da UFSJ as crianças terão a oportunidade de incorporar experiências únicas, conectadas com um tempo interior, brincando e criando numa atmosfera de estímulo à imaginação e liberdade de expressão. Isso se dá por vivências diferenciadas, que auxiliam no desenvolvimento da independência, da liberdade, do impulso criativo, da maturidade emocional e intelectual. Enfim, as crianças se descobrem como seres transformadores.

Coordenadora:
Deborah Engelender – Artista visual, arte educadora e psicopedagoga. Seu trabalho consiste em transformar materiais de desperdício em brinquedos, bem como escrever e ilustrar histórias (seu ultimo livro, A Onça Dolores e o Bode Quirino, lançado em 2013, tem parte dos direitos adquiridos pelo projeto Itaú Cultural). Realiza, há mais de vinte anos, oficinas para crianças, professores, e interessados em descobrir que brincar e fazer arte pode trazer grandes revelações. Coordena, desde 2009, a área de Arte Educação do Inverno Cultural da UFSJ.

Música

Um jogo de futebol envolve equipe afinada e instrumentos em perfeito estado de funcionamento, meticulosamente orquestrados por um maestro. O público canta, sofre, grita e compartilha com o artista em campo cada emoção. Poderíamos ousar a dizer que uma partida de futebol acontece em forma de sonata: com dois temas contrastantes, desenvolvimento com recapitulações e transformações pelas quais os temas passam até o fim. É uma obra dramática. A área de música do 27º Inverno Cultural da UFSJ põe em campo suas oficinas, shows, palestras e concertos, dialogando com múltiplas vivências musicais e marcando um gol de placa na diversidade.

Coordenadores:
Valéria Braga – É professora de Canto Popular e Educação Musical do Departamento de Musica da UFSJ. Cantora, atriz, arte-educadora e preparadora vocal de atores. Graduada pela UEMG em Educação Artística com habilitação em Música. Canta do Grupo Vocal Nós & Voz desde a sua formação.

Marcos Filho – Compositor, arranjador e instrumentista, é professor de Criação e Educação Musical no Departamento de Música da UFSJ. É Graduado em Composição Musical, Mestre em Música e Doutor em História Social da Cultura pela UFMG.

Editais – 27º IC

- inscrição de propostas de Oficinas:
http://www.invernocultural.com.br/pdf/27_IC_Edital_001_2014_Oficinas.pdf.
- eventos para Artes Cênicas e Música:
http://www.invernocultural.com.br/pdf/27_IC_Edital_002_2014_Eventos.pdf.
- eventos para o Festival Pop & Rock:
http://www.invernocultural.com.br/pdf/Edital_concurso_6_2014_pop_rock.pdf.

Continue lendo

Publicado em Comunicado URGENTE! | Com a tag , , | Deixar um comentário

Projeto ‘Música Para Todos’ apresenta a programação da semana de 7 a 11 de abril

Depois da apresentação, na semana que passou, de Mário Leite, um dos grandes compositores do samba paulista, do Comboio de Cordas e o suingue e a improvisação do choro de seus convidados especiais Vitor Lopes (harmônica) & Emiliano Castro (violão sete cordas), e da cantora e compositora gaúcha Mirianês Zabot, acompanhada pela pianista Melanie Van Langendonck, agora é a vez do Kolombolo Diá Piratininga convidar Daniel Cavalheiro (também conhecido como Sudestino), no dia 9/abr, às 20h.

Daniel é criador do projeto Feira Cultural do Taboão da Serra e integrante dos grupos Orum Daió e a Cia. de Moçambique de São Benedito. No carnaval de 2013, foi um dos autores da marcha sambada do cordão carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga, tendo como homenageado  Carlão do Peruche, embaixador do samba paulista.

No dia 10/abr, às 21h, é a vez do Comboio de Cordas receber o Quarteto de Rafael Abdalla, artista de Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, um dos mais requisitados contrabaixistas da cena instrumental de São Paulo, formado pelo  conservatório de Tatuí-SP.

Nesta apresentação, ele mostrará músicas do seu novo CD ‘Rafael Abdalla Quarteto’ ao lado dos músicos Rodrigo Ursaia (sax), Everton Barba (bateria) e Zé Luís Martins(piano).

Em seguida, a Assossiação Raso da Catarina convida Rubato In Gruvi, grupoformado por André Freitas (vibrafone), André Trulio (contrabaixo), Elder de Souza(bateria) e Wilton Carvalho (violão, saxofones e viola de arco), no dia 11/abr, às 21h.

Rubato In Gruvi completará em 2014 dez anos de uma trajetória exclusivamente voltada à música instrumental. As músicas autorais do Rubato, compostas por André Trulio e Wilton Carvalho, aliam influências eruditas – com arranjos bem acabados e peças longas – e populares – improvisação e muito groove, criando um ambiente ao mesmo tempo elegante e descontraído, graças à sólida formação de seus integrantes. Mestres da música brasileira e jazzística, como Tom Jobim e João Donato, são as principais influências do grupo.

O projeto ‘Música para Todos’ sinaliza a continuidade do trabalho de gestão do Teatro da Vila, com programação iniciada em 18 de março, no palco do Teatro Décio de Almeida Prado, localizado no Itaim Bibi. O local se tornará cenário de uma jornada pelo universo musical, em apresentações gratuitas com o apoio da FUNARTEMinistério da Cultura, e parceria da Cooperativa de Música de SP e da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, sempre de terça a sexta-feira.

Mais informações em:

Continue lendo

Publicado em Agenda 06-12/abr/2014 | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Arrigo Barnabé em O Neurótico e as Histéricas no Mundo Pensante

“Pô, Amar é Importante’, show onde O Neurótico e as Histéricas (Arrigo Barnabé e sua banda feminina) apresentam repertório com canções de Hermelino Neder, premiado compositor da chamada Vanguarda Paulista, de quem Arrigo é parceiro em algumas músicas. A apresentação será na próxima quarta, 9/abr, 22:00, no Mundo Pensante (Rua 13 de maio, 825, Bela Vista, São Paulo-SP).

Arrigo sempre se destacou pelo caráter inovador de seu trabalho, definido pela mistura de elementos da música erudita modernista, com a utilização de procedimentos seriais e atonais, aliados às letras ferinas sobre a vida nas metrópoles.
Fã confesso da obra de Hermelino, cuja participação na Vanguarda Paulista descreve como importante e instigante, Arrigo sempre teve muita vontade de cantar e apresentar um trabalho norteado pelas músicas do LP Como Essa Mulher, que Hermelino lançou em 1984. E escolheu uma banda de musicistas jovens, extremamente talentosas e de sólida formação musical, para acompanhá-lo no novo show: Ana Karina Sebastião (baixo e voz), Maria Beraldo Bastos (clarinete e voz), Mariá Portugal (bateria e voz) e Anna Tréa (guitarra e voz).
Em “Pô, Amar é importante” eles mergulham em canções que descrevem cândida e intensamente as relações amorosas, ressaltando com muito humor os conflitos e vicissitudes, as alegrias e agruras do relacionamento amoroso, tão bem descritos na obra de Hermelino Neder. O estilo visceral, áspero e satírico de Arrigo é contraposto, de maneira pop e divertida, pela harmonia melódica e sonoridade da voz feminina, em arranjos contagiantes, altamente sofisticados e, ao mesmo tempo, de grande apelo popular. Um contraste que remete à dicotomia da vida nos grandes centros urbanos, onde a dimensão violenta e desumana convive lado a lado com a poética de seus muitos encontros, amorosos e sensuais.

Abertura da casa: 22h;
Entrada: R$ 30, (na porta – dinheiro e cartões de débito visa e master)
R$ 20 (na lista de desconto – no e-mail – contato@mundopensante.com.br com o título Arrigo Barnabé - ou confirmando presença no facebook (http://goo.gl/dKrjLg) até 20:00 do dia do evento). – antecipado: http://www.gorockbee.com/140409mp

Faixa etária: 18 anos.

Publicado em Agenda 4/abr/2014 | Com a tag , , | Deixar um comentário

Aprovada a emenda que desonera as Cooperativas de Cultura

Aprovação da Emenda 49/MP 627Foi aprovada a Emenda 49, apensada à Medida Provisória 627, que desonera as Cooperativas de Cultura do pagamento de PIS/Cofins. Estas contribuições estão tornando a existência destas cooperativas inviável. O empenho de Luis Felipe Gama e Loop B na aprovação desta emenda tão importante, abordando diversos parlamentares, foi fundamental para esta vitória.
Porém, esta foi só uma batalha: a guerra ainda não acabou.
Na última quarta-feira, 2/4, o Dep. João Dado conseguiu o apoio de lideranças partidárias do DEM, PPS, MINORIA, PCdoB, com vistas à obter a VOTAÇÃO NOMINAL da matéria, além de apoiamento para garantir a sua aprovação.
Sob a coordenação da Deputada Federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ), e contando com as ações dos Deputados Federais Carlos Zarattini (PT/SP) e João Dado (SDD/SP), foi possível um acordo entre todas as lideranças da Casa, em que o Deputado Dado retirou o seu destaque, pelo Solidariedade (SDD), e resultou na aprovação do destaque do PCdoB com EMENDA DE REDAÇÃO, SENDO A MATÉRIA APROVADA SIMBOLICAMENTE, por unanimidade, pelo Plenário da Câmara Federal.

Esta é uma vitória maiúscula das Cooperativas de Cultura!

É preciso lutar o bom combate, sempre!

Assista aqui o vídeo: http://186.202.10.36/wmroot/cache/2014-4-3-12-32-31-129.asf

Publicado em Comunicado 3/abr/2014 | Com a tag , , | Deixar um comentário

Grupo Carimbó na Tenda 2 do SESC Osasco, 27/abr

O Grupo Carimbó faz intervenção artística ‘Carimbolando’, um show de carimbó paraense no dia 27/abr, 14h, na Tenda 2 do SESC Osasco/SP.

É um projeto que tem como proposta difundir um dos ritmos mais contagiantes do Brasil para além da Região Norte. Isso sem deixar de lado a contemporaneidade da música. No repertório, sucessos de Pinduca, Mestre Verequete e outros autores consagrados. O trio é formado por Afonsinho Menino (percussão e vocal), Karina França (voz e banjo) e Sergio Paulo (saxofone e vocal). Na dança, Caçula Brito (artista popular convidada).Antes, porém, será ministrada oficina de construção de maracas, instrumento de origem indígena muito marcante no ritmo paraense. A atividade é voltada para todos os públicos, sendo uma ótima opção para pais e filhos interagirem tanto no trabalho manual conjunto como no acompanhamento musical espontâneo. A apresentação é, assim, uma grande brincadeira e um mergulho na cultura paraense. Isso porque as músicas falam de personagens, animais, costumes e da culinária local, de uma forma bem humorada e ritmada. Oficina de construção de maraca – 27/4, às 14h, no Quiosque 4 (30 vagas). Grátis Show Carimbolando – 27/04, às 17h30, no Gramado do Espaço de Brincar. Grátis.

 Sobre Carimbó

O carimbó é um ritmo e uma dança paraense. Nasceu na região do Salgado – no extremo norte do Pará, na face do Estado que é banhada pelo mar. A palavra “carimbó” vem da língua tupi: curi quer dizer pau oco, e m’bó, escavado – praticamente a própria descrição do curimbó – instrumento tradicional feito de um tronco escavado e pele de animal, que marca o ritmo da dança. Tem elementos indígenas, africanos e europeus na sua composição, revelando sua origem bem brasileira. Os instrumentos musicais tradicionais são: curimbó, maracas, banjo e flauta. No Carimbolando, o curimbó é substituído por congas, cajon e caixa, já o saxofone entra no lugar da flauta. O projeto nasceu há quase três anos, na Vila Buarque de São Paulo, a partir de encontros semanais abertos ao público, comandados por Afonsinho Menino. O grupo, porém, se definiu apenas em 2013, com a união de músicos interessados na pesquisa e difusão de um dos ritmos mais contagiantes do país. A pré-estreia foi no final de setembro no Espaço Cultural Latino Americano (Ecla), no bairro Bela Vista, e a primeira apresentação oficial se deu na Festa do Círio de Nazaré, realizada na Igreja da Imaculada Conceição, no bairro do Ipiranga.

Publicado em Agenda 27/abr-3/mai/2014 | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

Show do Detroit Trio no Teatro Municipal de Santo André

Dia 5/abr, 17:30, tem show do Detroit Trio no Saguão do Teatro Municipal de Santo André. O cooperado Sérgio Facci, baterista, agora integra a banda.

Publicado em Agenda 30/mar-5/abr/2014 | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

No dia 5/abr tem Bicho de Pé em Santo André

O grupo Bicho de Pé compõe a programação da Jornada Cultural, que acontece na Rua Bernardino de Campos, no Centro de Santo André. O show começa às 20h, dia 5/abr.

O Bicho de Pé é um grupo que compõe e toca música regional brasileira, com ênfase nos ritmos dançantes do norte e nordeste, como xote, baião, samba, forró, xaxado, maracatu, carimbó e arrastapé. Em 14 anos de carreira, produziu 3 CDS, 1 DVD, 1 documentário e saindo do forno, homenageando Luiz Gonzaga, mais um CD e DVD só com musicas do Rei do Baião.

O mais recente CD ‘A Vida Vai’, lançado em 2012 pelo Grupo Arlequim (Genesis Music), conta com a participação de grandes músicos do cenário Brasileiro como Elba Ramalho, Gabriel Grossi, Caito Marcondes, Marco Bertaglia e Alexandre Ribeiro.

O DVD ‘Bicho de Pé 10 anos’, foi gravado em Brasília em 2009, e contou com a participação de Chico César e músicos do clube do choro.

Continue lendo

Publicado em Agenda 30/mar-5/abr/2014 | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Cooperativas culturais reivindicam fim da cobrança do PIS/Cofins

As cooperativas culturais querem o fim da cobrança do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre as atividades culturais oferecidas por grupos e artistas cooperados.
A possibilidade de isenção destes tributos foi aberta com a apresentação da emenda 49, do deputado Vicente Cândido (PT-SP), à Medida Provisória 627/2013, que promove uma série de alterações em normas tributárias e contábeis.

Medida Provisoria nº 627, de 11 de Novembro de 2013, não é o melhor caminho para a apresentação desta proposta de desoneração, já que esta MP altera pontos importantes da legislação tributária federal relativa ao Imposto sobre a Renda das Pessoas Jurídicas – IRPJ, à Contribuição Social sobre o Lucro Líquido – CSLL, à Contribuição para o PIS/PASEP e à Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social – COFINS; revoga o Regime Tributário de Transição – RTT, instituído pela Lei nº 11.941, de 27 de maio de 2009; dispõe sobre a tributação da pessoa jurídica domiciliada no Brasil, com relação ao acréscimo patrimonial decorrente de participação em lucros auferidos no exterior por controladas e coligadas e de lucros auferidos por pessoa física residente no Brasil por intermédio de pessoa jurídica controlada no exterior; e dá outras providências. Tudo isso envolve interesses bilionários, mas foi o jeito encontrado para dar um primeiro passo para evitar a morte do cooperativismo cultural.

Vários portais de notícias reverberam a notícia:

www12.senado.gov.br/noticias/materias/2014/02/26/cooperativas-culturais-reivindicam-fim-da-cobranca-de-pis-cofins;

- senado.jusbrasil.com.br/noticias/113717237/cooperativas-culturais-reivindicam-fim-da-cobranca-de-pis-cofins;

- www.ebc.com.br/cultura/2013/11/cooperativas-artisticas-pedem-fim-da-cobranca-de-piscofins;

www.ecofinancas.com/termo/Fim+da+Cobranca+do+Programa+de+Integracao+Social.

Publicado em Escuta! 19/03/2014 | Com a tag , , | Deixar um comentário

Duo Violeta se apresenta no SESI Paulista

Dia 27/abr, às  12h, tem apresentação do musical ‘EuroLatinidades’, com o Duo Violeta no SESI da Avenida Paulista.

Da mistura do violão com a clarineta surgiu o Duo Violeta. A proposta do duo é explorar a música instrumental brasileira pesquisando compositores, arranjos, novas interpretações e resgatar a cultura musical característica do Brasil através de obras de Villa-Lobos, Tasso Bangel, Baden Powell, Marcelo Brazil, entre outros. Continue lendo

Publicado em Agenda 27/abr-3/mai/2014 | Com a tag , , | Deixar um comentário